422px

25 de fevereiro de 2015

Amizade que não tem preço.

Oi, Gente!

Hoje, quero compartilhar com vocês algo que me emocionou dia desses em que vinha eu, caminhando na volta da academia, quando me deparei com uma cena linda! Linda e comum, pois acredito que todos já viram isso: Um carroceiro, catador de material reciclável (por favor, nunca falem "catador de lixo", ok?). Até aí tudo bem. Mas o que me chamou a atenção, foi ele ter um companheirinho muito simpático! Um cãozinho que o acompanhava na sua jornada. 

Eu não quis chamar a atenção do homem, pois não sabia se ele iria gostar de mim e deixar eu bater uma foto. Então, fiquei fazendo umas gracinhas, em silêncio, para o cãozinho com intuito de fotografá-lo. Ele foi um fofo, gente! Ficou olhando para mim, o tempo todo. Me deu vontade de trazê-lo comigo. Mas né? Não poderia...

Olhem que coisa mais linda!


Arquivo Pessoal

O que eu quero dizer aqui é que fiquei feliz em saber que esse cidadão pode contar com amizade desse cãozinho para seguir em frente na sua dura batalha pela sobrevivência. Fico até emocionada em falar, ou melhor, escrever isso porque tanto um quanto o outro não deve ter mais ninguém por eles. Acho linda parceria entre eles. 

As vezes, algumas pessoas dizem que bichos não tem sentimentos e tal. Eu discordo! Tem sentimentos, sim e demonstram isso o tempo todo! Acredito que os bichos podem ser excelentes companhias... as vezes, até melhor que muitos humanos! Afinal, se não fosse o cãozinho, quem iria estar ao lado de um catador? Ou ao contrário, quem estaria com um cãozinho de rua? Pois é.


Essa amizade também me fez refletir sobre o comércio de bichinhos de estimação... eu fico triste com isso. Sou o tipo de gente que acredita que amizade não se compra. Os "vira-latas" também merecem ter uma família e um lar. Há tantos bichinhos abandonados, passando frio e fome enquanto tanta gente paga fortunas para ter bichinhos de raça... Não que eles não mereçam ter família e lar também. Claro que sim, mas digo que sou uma sonhadora em pensar que deveriam parar com essas procriações desenfreadas e apenas doarem os bichinhos, sejam de raça ou não. Esse assunto é polêmico, né? Deixa quieto.

Acompanhei os dois por algum tempinho e fiquei observando... E lá se foram eles, me deixaram com vários pensamentos e um sentimento que bagunçou meu coração... Fiquei torcendo para reencontrá-los e ver que estão bem e juntos! Me resta torcer por estes dois e desejar, mesmo que silenciosamente, toda a sorte do mundo para eles.

Arquivo Pessoal

Vão firmes, guerreiros! E sejam felizes, na medida do possível, pois estou torcendo pra isso!

Queridos leitores, escrevi esse relato com lágrimas nos olhos, pois acreditem, é mesmo uma grande reflexão essa imagem... Pelo menos para mim, que tenho muito amor e respeito por esses "serezinhos" tão dependentes de nós. 

Até a próxima!

Beijos,
Dalva

9 comentários:

  1. Linda passagem, somente os grandes corações como ao deste senhor, tem amor pelos animais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade. É preciso ter um bom coração para amar os animais.

      Excluir
  2. Esse post mexeu com meu coração e com minhas glândulad lacrimais.. hahaha
    Lindo cãozinho! Concordo em questionar quem estaria ao lado do catador senão um dog?! Lindo post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lindo, né Nicole??
      Amei ter escrito e ter visto essa cena... fiz o exercício com as glândula lacrimais também enquanto escrevia... hahhaha

      Excluir
  3. Dalva, me emociono c/vc bjs (=':'=)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lindo, né Regina?
      Como não se emocionar?
      Obrigada pelo carinho.
      Bjs (=^_^=)

      Excluir
  4. Bom amiga, eu tenho certeza absoluta dos sentimentos dos animais, de sua inteligência, de como se preocupam com seus donos, como sentem quando algo esta errado.
    E a gratidão por um simples gesto de carinho que para eles é para o resto da vida.
    O animalzinho jamais irá trair seu dono, pelo contrário ficará com ele o resto de sua vida e sem pedir muita coisa em troca.
    Lindo...
    Bju amiga

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, amiga.
      Eles são muito gratos a nós, sim.
      São puros e muito amáveis, além de fiéis.
      E esse que vi, realmente é muito fofinho...
      Beijos, querida.

      Excluir
  5. Ah e esse fofinho é lindinho demais rsrsrs.

    ResponderExcluir

Se gostou, deixe aqui o seu comentário.